Ônibus grátis do FIAR leva público de Salvador para SambaGIA no Recôncavo

Intervenção artística expandida em música e diversão? Samba fuleiro que se faz no jogo da alegria? Ou simplesmente arte ligada à vida? De Salvador para Cachoeira, o SambaGIA, samba, festa, humor e ironia serão entoados pelo Grupo de Interferência Ambiental, coletivo GIA (BA), na feira livre de Cachoeira, dia 3 março. Essa é a última atividade do FIAR 3 – Festival de Intervenções Artísticas do Recôncavo, que acontece nas cidades de Cachoeira e São Félix a partir do dia 29 deste mês.

Um ônibus gratuito vai levar cerca de 30 pessoas de Salvador para Cachoeira. A concentração começa às 9 horas, no Campo Grande, e a saída é às 10 horas, porque o samba na feira começa meio-dia e conta com a participação de outros músicos, como o mestre Paraquedas e o sambista Paulo Romeu, expoentes da matriz afro-brasileira no Rio Grande do Sul. O transporte leva e traz as pessoas no mesmo dia. “Um dos principais objetivos do grupo é a utilização de meios que possibilitem atingir uma margem cada vez maior de pessoas, tomando de assalto o espaço público”, define o GIA. O grupo é formado por artistas visuais, designers, arte-educadores e músicos que têm em comum, além da amizade, uma admiração pelas linguagens artísticas contemporâneas e sua pluralidade, mais especificamente àquelas relacionadas à arte e ao espaço público.

Além do SambaGIA, o coletivo está com residências artísticas em curso, apoiadas pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), e com obra exposta no Itaú Cultural (SP) até 22 de abril. Eles integram a mostra Convite à Viagem – Rumos Artes Visuais 2011/2013, um panorama recente das artes visuais no Brasil. No FIAR 3 o GIA faz também a montagem do Flutuador, no Rio Paraguaçu, e outras ações artísticas.

INFELIZMENTE ACABARAM AS VAGAS NO ÔNIBUS QUE SAIRÁ DE SALVADOR NO  DIA 3 DE MARÇO RUMO À CACHOEIRA PARA O SAMBA GIA!!!!  A CONFIRMAÇÃO DA LISTA OCORRERÁ NO DIA 28 DE FEVEREIRO DE 2012 AQUI NO BLOG.

TENTE UMA CARONA SOLIDÁRIA, CHAME OS AMIGOS E VENHA COMPARTILHAR DO SAMBAGIA!

Contagem Regressiva

A cidade de Cachoeira e região do entorno é palco de movimentos culturais fortíssimos desde a década de 1970, e a partir desse histórico positivo para a produção cultural brasileira o FIAR colabora com a experimentação de linguagens anexando aos pólos locais de produção cultural (Terreiros, Pontos de Cultura, Filarmônicas, galerias poéticas, sebos, praças, Universidades…) atividades integradas de apreciação e formação técnica para a produção audiovisual artística.

Em um mês, 7 projetos artísticos envolvendo linguagens artísticas diversas como a performance, as intervenções urbanas, a arte eletrônica e o graffiti serão realizados nas cidades de Cachoeira e São Félix no recôncavo baiano. A proposta do encontro é FIAR uma rede artística e audiovisual nacional, que nos espaços urbanos do Recôncavo, conecte-se com o público.

Conheça toda a programação visitando o blog.