FIAR 1

Em 2009, a primeira versão do Festival integrou parte da programação do Salão de Artes Audiovisuais do Recôncavo e foi chamada de Festival de Intervenções Audiovisuais do Recôncavo – FIAR. Durante essa fase do FIAR ocorreram inscrições de propostas para exibição pública e mais de 90 projetos foram selecionados. Foram realizadas exibições de vídeos instalativos híbridos com performances, objetos, graffiti, entre outras linguagens. Além da mostra competitiva que escolheu 3 projetos premiados nas categorias voto popular, voto da curadoria e voto dos participantes, foram promovidas duas oficinas e uma performance.  As oficinas foram ministradas por Ricardo Palmiere, o Vj Palm, de São Paulo  e A Orquestra Organismo representada por Glerm Soares e Simone Bittencourt, ambos de Curitiba.  A performance de encerramento foi do GIA , coletivo da cidade de Salvador.

O FIAR ano 1 foi uma realização do DESCENTRO com apoio da UFRB e do CINE CAOS com apoio financeiro da FUNARTE integrando a Rede Nacional das Artes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s