Exposição Máquina de FIAR

 

    Exposição sobre Residência Artística no Recôncavo será aberta em Salvador

 

De 7 a 20 de dezembro,  exposição de registros audiovisuais de intervenções artísticas no Recôncavo irá interagir com espaço expositivo da cidade

MÁQUINA DE FIAR, exposição que será inaugurada na sexta-feira, 7 de dezembro, às 17 h na galeria Cañizares – vale do Canela, trata-se de uma Mostra de registros audiovisuais sobre o FIAR – Festival de Intervenções Artísticas do Recôncavo, que acontece há 3 anos nas cidades de Cachoeira e São Félix.

Durante a terceira edição do Festival, que ocorreu em março deste ano, grupos e artistas independentes brasileiros e latino-americanos foram chamados à conviver em uma residência artística para desenvolver intervenções artísticas e audiovisuais nas localidades da região do Recôncavo. Cenário histórico e legado cultural fizeram parte das práticas coletivas, fazendo com que as atividades se relacionassem com os diferentes processos da região. Além das Intervenções e performances nas cidades, também fizeram parte da programação a convivência em meio às paisagens do recôncavo, como a feira, a beira do rio e o próprio rio durante uma navegação até a região da Bacia do Iguape.

Toda essa convivência foi registrada por meio de fotografias, vídeos e gravações sonoras, formas multimídias que possibilitam o compartilhamento de manifestações poéticas efêmeras como a ação, a performance e a intervenção urbana. Esse material multimídia foi selecionado e processado especialmente para a exposição.  A diversidade de linguagens e experiências nesta edição provocou um encontro de redes, sendo possível dentro da programação do festival, por exemplo, a existência de residências artísticas paralelas, como CAMBANA do Coletivo Provisório e Me dê motivos da união dos coletivos Opavivará – RJ e GIA – BA. Participaram também Marcelo Terça-Nada! do PORO, Rosa Apablaza curadora chilena da plataforma desisla, WG e Gilsão da MucamboNuspano, a artista e cineasta Patrícia Francisco,

Sobre essas manifestações que se deram no contexto do Festival em seus 3 anos, também será lançado um livro no dia 20 de dezembro, último dia da exposição, às 17 h com performances ao vivo. O livro tem apoio do Fundo de cultura do Estado da Bahia – edital Demanda Espontânea 2011 e da FUNARTE através da 8 Rede Nacional das Artes. A distribuição será gratuita tendo prioridade para aqueles que visitaram a exposição nas datas anteriores.

Abertura: 7 de dezembro às 17 h

Visitação: 10 a 20 de dezembro de 8 h às 17 h

Lançamento do Livro: 20 de dezembro às 17 h

Galeria Cañizares

Av. Araújo Pinho, 212

Canela – Salvador / BA

Mais informações:

http://FIARbahia.wordpress.com

(71) 91204403